“Sou forte até o fim, com espinafre pra mim!”

Hey outsiders!
Eu tava procurando uma receita da hora para passar pra vocês e acabei encontrando essa delícia, que além do mais, tem toda uma vibe. Saca só.
Esse ano, o lendário marinheiro Popeye, lembra? Estaria fazendo 87 anos. Ele foi criado pelo cartunista Elzie Crisler Segar, e apareceu pela primeira vez em 17 de janeiro de 1929, em uma tirinha de um jornal de Nova Iorque. Mas na real o personagem era apenas um figurante, só que fez tanto sucesso que ganhou a própria história.
E a pergunta que eu sempre me fiz, e você também deve ter feito, é porque o bendito espinafre foi escolhido para ser o alimento super poderoso do simpático marinheiro.

Na real, o tal do Elzie sempre conversava com um velho marinheiro escocês, que contava que para ficar tão forte a ponto de derrubar um elefante, era preciso comer muito espinafre! Aí veio a inspiração de criar Popeye.
Resultado: na década de 30, Popeye fez tanto sucesso que o espinafre conquistou a criançada. O consumo do alimento cresceu 33% nos Estados Unidos.
É claro que o espinafre não tem o poder de deixar alguém tão forte a ponto de derrubar um elefante, mas é um alimento com um alto valor nutritivo.
Então outsider, que tal voltar ao tempo e dar uma de Popeye? Coloque o quepe e prepare as panelas! 

Ravioli verdi
Ingredientes

Para a massa
• 400 g de farinha de trigo
• 100 g de farinha de semolina
• 5 ovos grandes (se os ovos forem pequenos colocar 6 ovos)
• ½ xícara de espinafre fresco cozido e bem espremido (medir depois de cozido e espremido)

Para o recheio
• 300 g de mozarela de búfala escorrida na peneira por 3 horas
• 50 g de ricota
• Sal a gosto
• Noz-moscada a gosto
• Pimenta preta moída na hora a gosto

Modo de preparo

A massa
• Em uma superfície de trabalho, colocar as farinhas misturadas e deixar um buraco no meio.
• Bata no liquidificador o espinafre, os ovos e o sal por 2 minutos.
• Derrame essa mistura no centro das farinhas e vá misturando com os dedos de dentro para fora, até que todo o líquido e farinhas estejam incorporados.
• Faça uma bola com a massa, cubra com um filme plástico e deixe descansar por 1 hora na geladeira. Caso a massa fique muito úmida, junte mais farinha de trigo aos pouquinhos.
• Prepare o cilindro, divida a massa em quatro pedaços. Achate cada pedaço para começar a passar no cilindro com a abertura mais larga. Mesmo que caiam alguns pedaços, ou a massa pareça desagregada, continue passando, pois ela vai se incorporando. A medida que a massa for ficando mais homogênea, vá diminuindo os espaços até que fique uma tira fina. Faça isso com um pedaço de massa de cada vez, mantenha os outros cobertos para não ressecar.

O recheio
• Coloque todos os ingredientes no processador e bata até que fique liso. Experimente o tempero e, se for necessário, regule o sal.

Montagem
• Depois da tira de massa aberta, coloque uma colher de sopa de recheio para cada ravioli, cubra com outra tira de massa e corte no formato desejado (meia lua, redondo ou quadrado).
• Aperte as laterais para fechar e cozinhe em água fervente até que subam à superfície. Escorra e coloque numa assadeira com um fio de óleo.
• Enquanto isso, prepare o molho de tomate de sua preferência e deixe bem aquecido.
• Quando os raviolis estiverem todos prontos, coloque as porções nos pratos, cubra com o molho quente e polvilhe queijo ralado.
 
FONTES: REVISTA ABRIL, CASA VOGUE
____________________________________________________________________________________________
DANI
Autora: Daniela Mallmann
Daniela Mallmann, 27 anos. Jornalista, gaúcha. Repórter, produtora, editora.

Deixe um comentário